Foccacia de linguiça

Hoje vamos de foccacia, massa italiana assada aberta, como um pão rústico e muito antigo.

É bastante versátil, podendo levar qualquer coisa como cobertura. A clássica leva somente alecrim e sal grosso. Mas fica ótima com tomate e alho confitado, fatias de cebola carameladas, linguiça seca, atum, sardinha… Uma infinidade de sabores. Misturar ervas frescas ou secas na massa também pode dar resultados interessantes.

E fica melhor ainda se consumida bem quentinha, recém-saída do forno. Quando esfria, a massa endurece ligeiramente e perde um pouco da graça.

foccacia-pronta

FOCCACIA DE LINGUIÇA PORTUGUESA E PESTO
Rendimento: 1 unidade grande

7,5 g de fermento biológico seco instantâneo (ou, se preferir, 15 g de fermento biológico fresco)
2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de açúcar
200 ml de água morna
1 colher (chá) de sal
6 colheres (sopa) de azeite extravirgem
Sal grosso para polvilhar a massa
Azeite extravirgem para regar a massa

Recheio
1/2 linguiça portuguesa crua, em rodelas
4 alhos assados
Folhinhas de tomilho fresco
2 colheres (sopa) de molho pesto

Para preparar a foccacia, é importante tomar cuidado para não matar o fermento. Por isso,  a primeira coisa a fazer é juntar, numa vasilha pequena, o fermento, o açúcar e metade da água morna. Morna mesmo! Se for muito quente, o fermento morre e nada de massa.

Misture bem e deixe descansar por mais ou menos 10 minutos. A mistura vai mudar de cor e de cheiro, criando borbulhas.

Enquanto isso, numa forma maior, junte a farinha e o sal. Faça um vulcão no meio e coloque o fermento, já crescidinho, o azeite e a outra metade da água. Misture bem e, quando estiver com uma cara de massa, despeje tudo no granito (ou numa superfície lisa e muito limpa), polvilhado com farinha.

Amasse, sove, aperte a massa, sempre acrescentando um pouquinho de farinha para não grudar nas mãos. Quando a massa estiver dourada e lisa, deixe-a descansando numa tigela grande, coberta com um pano limpo e ligeiramente úmido por mais ou menos uma hora e meia, ou até a massa dobrar de tamanho.

Quando a massa já tiver crescido, abra-a numa forma (retangular ou redonda) untada com óleo. Faça pequenos buraquinhos sobre a massa, onde você vai colocar os recheios. Por fim, salpique com sal grosso, distribua o pesto nas covinhas e regue com azeite.

Leve ao forno preaquecido por cerca de 30 minutos, até que a massa comece a ficar dourada. Ao tirar do forno, regue com mais azeite e sirva.